Circular junino traz uma vasta programação

POST2A Programação do 17o Circular Campina Cidade Velha já está no site www.projetocircular.com.br. Esta semana, até o domingo, dia 4 de de junho, mais de 30 espaços culturais dos bairros da Campina, Cidade Velha, Reduto e imediações de Nazaré e Batista Campos estarão se organizando e ajustando os últimos detalhes para a  programação extensa que será realizada das 8h às 20h, com atrações musicais, de teatro, feirinhas, artesanatos, oficinas, cinema, cultura popular, gastronomia e passeios turísticos no Centro Histórico de Belém.

Iniciativa da sociedade civil organizada, o projeto Circular Campina Cidade Velha vem ao longo de três anos agregando e articulando parcerias que tenham algo em comum para somar e trazer de positivo aos bairros mais antigos da cidade. Além disso, coordena essa programação múltipla, que proporciona nos meses de abril, junho, agosto, outubro e dezembro, sempre no primeiro domingo, um grande encontro de afeto, compartilhamentos e troca de ideias entre participantes residentes e visitantes.

O Circular é uma realização coletiva, mediada pela Kamara Kó Galeria e Ministério da Cultura, com apoio da Lei Rouanet por meio do patrocínio do Banco da Amazônia e Governo Federal – Milton Kanashiro e Jorane Castro, por meio de Doação de Pessoa Física da Lei Rouanet. Tem co-patrocínio da Cultura – Rede de Comunicação, e apoio institucional do Iphan, Imprensa Oficial do Estado – IOE-PA e UFPA, por meio das Faculdades de Turismo e Geografia e NAEA.

DESTAQUES E NOVIDADES NO CIRCUITO

Campina, Cidade Velha, Reduto e já nas confluências com Nazaré e Batista Campos. O Circular está em seus limites e a cada edição tem mais gente querendo participar. Para isso é preciso estar situado nestes bairros e imediações, ou firmar parceria com um dos gestores dos espaços que já participam do Circular.

Nesta 17ª edição, mais de 30 espaços abrirão as portas no próximo domingo, 4 de junho, a partir das 8h. Estão de volta parceiros como o Instituto Arraial do Pavulagem, que acaba de iniciar os ensaios para o tradicional Arrastão de Junho, e o Centro Cultural da Justiça Eleitoral, que abre com a exposição “Nós, de Aruanda”. Muito bem vindos neste mês cheio de axé e colorido junino. Além do Centro Cultural do Carmo também abre as portas com mostra de produtos criativos, comidinhas e música ao vivo.

Entre as novidades, o Stand Bar que agrega a turma que curte pub e um papo sobre fotojornalismo, comunicação e grafitagem. O novo espaço do pedaço fica na Carlos Gomes, quase na Presidente Vargas, Campina. O Crew das Minas também estreia com programação de DJs e Batalha de MCs, no Bar do Jamaica, que fica no Beco do Carmo, próximo ao Mercado do Sal, onde atua o Aparelho Coletivo, com ótima programação.

O Midas Stúdio participa de sua primeira edição. Localizado na Ó de Almeida próximo a Praça da Bandeira, abrirá com apresentação do Trio Lobita e o Quarto Elemento, e do Trio Andaluz. Também tem Roda de Choro no Mercado do Sal, que não falta, pockets shows na Discosaoleo e shows encerrando programação na Da Tribu e na Fotoativa.

Para almoçar, além do Bar do Rubão, com aquele cardápio de sempre delicioso, tem Dona Joana, onde a música ao vivo é erudita e ao meio dia, além de oferecer venda de vinil, e ainda o Restaurante da Sé, um self servisse de partos típicos e outras delícias. Há comidinhas especiais em vários espaços culturais, confere na programação que está no site.

FEIRINHA, ARTE E PROGRAMAÇÃO PARA OS MIÚDOS

Na Feirinha da Vizinhança, na Praça da Igreja do Rosário dos Homens Pretos, na Campina, também tem espaço para matar a fome nas barraquinhas de maniçoba, vatapá, bolos e outros lanches. Ao longo do dia haverá feirinhas de artesanato e exposição, além de degustação de açaí. A programação é da Associação de Moradores e Comerciantes do bairro.

Artes plásticas e visuais no Casulo Cultural, Elf e Kamara ko Galeria, além de Casa do Fauno, Espaço Cultural do Banco da Amazônia e Espaço Valmir Bispo. Também tem exposição no Casarão do Boneco, onde também tem contação de história. Aliás, destacamos a programação para a garotada, em diversos espaços.

Desde apresentação de espetáculo e contação de histórias, como oficinas, como as da Fotoativa, e na Casa do fauno, de desenhos, com Nelson Carvalho. Também tem oficina para adultos no Reduto, pelo projeto Jardins Suspensos da Amazônia, do Instituto Peabiru e em outros espaços, como na Casa Oiam, onde será realizada a Upcycling, com Recriar Lab.

O Cinema Olympia exibe um longa, às 17h30. E o Casarão Viramundo prepara-se o dia todo para a saída do BEC Bloco no final da tarde. O cortejo percorre ruas levando muita alegria à Cidade Velha.

Convide os amigos. Acesse o site e conheça os espaços que integram o projeto e também a aba de programação para ver os detalhes desta edição: www.projetocircular.com.br.