Programação – 23ª Edição

DOMINGO, 5 DE AGOSTO DE 2018

BAIRRO DA CAMPINA

ASSEMBLEIA PARAENSE (SEDE SOCIAL) – Av. Pres. Vargas, 762.

Horário: 10h às 18h

No Salão Terrace – “Photoclube AP no Circular” – Mostra fotográfica

  • A mostra reúne imagens capturadas pelos sócios do clube durante oficina de fotografia ministrada pelos artistas Jorge Eiró, Bob Menezes e Fernando Leitão tendo como cenário a sede campestre do clube, localizada na Avenida Almirante Barroso. Trinta e sete pessoas participaram da oficina.

12h às 14h – Música ao vivo, com Jorginho Silva (voz e violão).

ASSOCIAÇÃO AMIGOS DE BELÉM – Campina/Cidade Velha/Reduto

Horário: 8h às 20h

Ação de sensibilização – Voluntários da ONG visitam espaços parceiros do Projeto Circular, aplicando questionários sobre como tratam os materiais que utilizam em suas atividades, além de orientarem como medidas simples podem ser desenvolvidas para a segregação de resíduos.

Apresentação do aplicativo Cataki – estratégia para acionar a cooperativa mais próxima. O app busca aproximar geradores e catadores de resíduos, promovendo a reciclagem e gerando renda.

ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E COMERCIANTES DO BAIRRO DA CAMPINA – Praça do Rosário – Horário – 8h30 às 14h

Feirinha da Solidariedade e Acolhida

8h30 – Mística de recepção – Moradores recebem Warao – cantos e abraços

9h – Início da feira

  • Venda de artesanato Warao
  • Distribuição de informativos sobre a cultura Warao
  • Canto Warao (apresentação livre – cantos da etnia)
  • Posto de arrecadação de alimento para os Warao

14h – Encerramento

ASSOCIAÇÃO FOTOATIVA – Praça Barão do Guajará, 19 – quase esquina com a Rua Gaspar Vianna, próximo à Igreja das Mercês. Horário: 8h às 20h

8h – Yoga na Fotoativa – Com Tunga Vydia

  • Local: Salão 2o. Andar
  • Yoga é um movimento ancestral de amor, amor consigo mesmo e amor compartilhado, amor sem fronteiras, amor libertado, cheio de chamamento de felicidade. Atividade com pagamento consciente! Te esperamos.

A partir das 8h30 – Café no Jardim

  • Para comer e saborear o tempo com tapioquinhas e outras delícias da Sandra.

A partir das 8h30 – Bar Fotoativa

  • Água, Refrigerante, Tijuca Promo e Longneck puro malte durante o dia todo.

10h às 20h – Loja e Brechó Fotoativa

  • Produtos Fotoativa + Livros e revistas de Arte, Educação e Patrimônio, para ler, comprar e compartilhar + Roupas a preço de desapego + Sebo Jaya

10h às 20h – Banquinha Da Tribu

  • Fios, tecidos, papel reciclado, látex e produtos reutilizáveis constituem a matéria prima com a qual a Da Tribu cria e produz suas peças exclusivas, em um empreendimento familiar que há oito anos atua no setor da moda da cidade.

10h às 20h – Marca D’Água – Feira de impressos e publicações independentes da Fotoativa

  • Presença de alguns publicadores locais, a iniciativa propõe consolidar este espaço de troca e fomentar iniciativas independentes voltadas aos impressos e às publicações nas mais diferentes linguagens, trabalhos autorais, individuais e/ou coletivos, selos e editoras locais.

10h às 20h – Atelier Aberto- com Marcone Moreira

A obra do artista abrange várias linguagens, como a produção de pinturas, esculturas, vídeos, objetos, fotografias e instalações. Seu trabalho está relacionado à memória de materiais gastos e impregnados de significados culturalmente construídos, desenvolvendo uma metodologia de trabalho, em que interessa a apropriação, o deslocamento e a troca simbólica de materiais

10h – Contação de História – “O ribeirinho” com Saci Angelo

  • Local: Salão 2o Andar
  • Público: crianças
  • Caboclo ribeirinho que vem do baixo amazonas e quer saber onde fica a igreja de Nossa Senhora de Nazaré.

MICRO-OFICINAS

8h às 17h – Mantinê Pinhole, com Jorge Ramos.

Esta oficina é uma ação voltada para o exercício do olhar no domingo de manhã durante o Circular. Será proposta a prática e experiência da fotografia PINHOLE.

  • Local: Laboratório Fotográfico
  • Público: qualquer pessoa
  • Vagas: até 10 pessoas

Mini Oficina de Aquarela para crianças, com Tayna Cardel

Nesta mini oficina de aquarela, as crianças irão aprender a técnica de pintura aguada, criando mistura de cores e soltando a criatividade no papel.

  • Horário: Depois da contação de história (duração 1h)
  • Público: 6 a 10 anos (menor que 6 ano somente com acompanhamento dos responsáveis)
  • Vagas: 10 vagas

14h às 16h – Revista Revista, micro oficina de poesia gráfica com Tarcísio

Desenvolvimento de processos gráficos a partir do convívio social dos participantes em seus bairros e sua relação com a segurança pública da cidade.

  • Público: A partir de 16 anos
  • Vagas: 10 vagas
  • Material: papel sulfite, papel colorido, canetas, tesoura, cola, revistas, jornais e impressora.

A partir das 14h – Quitutes da Dona Nina

  • O sabor regional começa a tomar conta da atmosfera, com a tradicional maniçoba e vatapá da Dona Diná, que te esperam no pôr-do-sol, sempre com novidades!

Música ao Pôs do Sol nas Mercês

17h30 – DJ Cynara – Setlist

18h30 – Quinteto Caxanga

Victor Slayer (flauta transversal), Armando Mendonça (violino), Camila Alves (violão 7 cordas), Igor Sampaio (cavaco) e Juliana Silva (pandeiro).

  • Música instrumental
  • Ritmos brasileiros – Pixinguinha, Luiz Gonzaga, Chico Buarque, Tom Jobim, Sivuca, Hermeto Pascoal, K-Chimbinho, Hernesto Narazeth, Waldir Azevedo, Pedro Raimundo, entre outros.

BOCA DA TERRA – R. Ferreira Cantão, 239, entre R. Caetano Rufino e R. Silva Santos.

Horário: 9h às 15h – Restaurante 

O espaço promove ampla reflexão sobre Estilo de Vida e Cuidado Ambiental, entendendo o Corpo como um Ecossistema e o Ser Humano como integrante da Teia da Vida.

  • Cozinha baseada em Plantas
  • Valorização da Energia Vital dos alimentos
  • Consumo de sementes em processo de germinação e de brotação, acompanhado de verduras, legumes e frutas cruas, in natura, além dos alimentos fermentados.

9h às 10h30 – Degustação de Suco Vivo (Suco de Luz do Sol)

  • Feito com sementes germinadas, folhas verdes, maçã para adoçar, raízes e vegetais, o suco de luz do sol foi criado na PUC-Rio, pela professora Ana Branco.
  • A energia vital desses sucos vai fazer você querer mais alimentos saudáveis e limpará seu corpo por dentro.

9h às 10h30 – Exposição de Sementes Germinadas e Brotos comestíveis

Oficnas 

10h30 às 12h – Aulão de Yoga, com Diinabandhu Ben Assuly.

  •  6 (seis) vagas. Atividade gratuita, sujeita à inscrição prévia pelos fones: 98184-5072 (Diinabandhu) e 98114-1793 (Telma Vitorina).

15h30 às 17h – Oficina de Introdução à Alimentação Viva, com Andrea Mendes

  • 6 (seis) vagas. Atividade gratuita, sujeita a inscrição prévia pelo fone: 98130-9968 (Andrea).

CENTRO CULTURAL DA JUSTIÇA ELEITORAL– Rua João Diogo, 254, próximo à Praça da Bandeira.  Horário: 9h30 às 17h.

9h30 às 17h – Exposição “A nudez do miriti”, do artista plástico Francelino Mesquita.

10h às 12h– Roda de Conversa com Flávia Ribeiro, Flávia Câmara e Juliana Damasceno: “A internet como instrumento de formação de mulheres negras amazônidas” e Workshop com instruções básicas de autocuidado nas redes.

15h às 16h30 – Show musical com Maiara Almeida

COLAB – ESPAÇO AUTORAL – Trav. Campos Sales, 705, entre General Gurjão e Carlos Gomes.

Horário: 10h às 20h

15h – Feira de consumo consciente: Xepa é firme!

  • Venda de roupas e acessórios de pessoas e marcas autorais engajadas no slow fashion + “Belém Orgânica”, um incentivo o consumo de comida de verdade, a partir de produtos sem agrotóxicos oriundos de produções agrícolas de Mosqueiro e Santa Bárbara.

15h – Flash tattoo 

  • Com Layse Almada, paraense radicada em São Paulo – retrata em seus trabalhos questões feministas – e Caio Aguiar, que a partir de traços finos desenha sua “Bonikta” – personagem que discute gênero, imaginário amazônida e cultura urbana.

17h – Live set – Davi Cosme 

  • Destaque para música autoral produzida no Pará, a programação inicia com live set experimental do músico Davi Cosme, que desconstrói sons utilizando a criatividade em solos de baixo e bateria eletrônica.

19h – Pocket show – Móbile Lunar

  • Rock alternativeo – André Moska (violão e voz), Alexandre Brandão (guitarra), Laercio Esteves (guitarra), Leonardo Vitor (baixo) e Igor Gomide (bateria). A banda apresenta, em seu repertório, músicas autorais cantadas em português e influenciadas pelos mineiros do Clube da Esquina, pela música da década de 70 e pela nova e talentosa safra de bandas e artistas paraenses.

20h – Show – Pio Lobato 

  • Apresentação intimista para anunciar o seu novo trabalho “Brinquedo”, que tem previsão de lançamento para setembro. Pio será acompanhado por Breno Oliveira (baixo) e Vovô (bateria).

ESPAÇO CULTURAL BANCO DA AMAZÔNIA – Av. Presidente Vargas, 800, esquina com a Carlos Gomes. – 9h

ESPAÇO CULTURAL VALMIR BISPO SANTOS – TV. Padre Prudêncio, nº 681, entre Carlos Gomes e Gama Abreu, próximo à OAB.

Horário: 9h às 15h

  • Programação “O Imaginário Popular” – Contos, Lendas Urbanas e Mitos da região Amazônica – Homenagem ao Dia do Folclore Brasileiros comemorado em 22 de agosto. 

9h às 15h – Café da manhã / lanche ao almoço

  • O chef Wagner Vieira do Toró – Gastronomia Sustentável convida para um “Banho de Cheiros e Sabores”, em cardápio inspirado no imaginário popular amazônico.
  • Combo de R$ 15,00 > Mix de frutas com suco tropical e beiju (1 taça), acompanhado por café aromatizado com priprioca (1 xicará), seguido por pão caseiro de banana da terra com Nibs de cacau do Combu (1 fatia),
  • Combo de R$ 30,00 > Almoço com sobremesa cm salada da nossa Terra (Mix de insumos amazônicos que trazem frescor e vira prato principal em dias mais quentes)mais Sorvete Artesanal de Manga (desmistificando o imaginário popular: Leite com manga, faz mal?).

9h – “Cortejo dos Bichos, Mitos e Lendas”

  • Saída pelas ruas dos bairros da Campina e Cidade Velha, com pequenas paradas em outros espaços culturais – Matinta Pereira, Curupira, Mapinguari, Cobra Grande Boto, Índios, Onça pintada e Largato – Instituto da Amazônia Filhos da Terra.

10h às 15h – Pintura indígena corporal com Carla Bethânia

11h30 às 12h30 – Apresentação teatral “Taxi 00Horas” – a história de Josefina Conte

  • Trabalho do grupo Sá Produções Artísticas, baseado na obra de Walcy Monteiro “Visagens e Assombrações de Belém”, com a presença e comentários do próprio autor sobre sua obra, abertos a discussões com o público.

11h às 11h30 – Contação de histórias, Mitos e Lendas,  com Angelo “Saci”

14h – Degustação de Pizza de Jambu

  • As pizzaiolas Lene e Lucy convidam todos para degustação de sua especialidade.

Exposições

  • “Simbolismo Marajoara” (Pintura Mista)  –  Théo Lima
  • Coleção de biojoias de cerâmica e acessórios – Greta – Das artesãs Aura Neila, Fabíola e Odinea Duarte.
  • Mini- jardins, artesanatos de decoração mosaicos com casca de ovo, pastilhas de vidro e azulejos da artesã Vânia Santos e Moisés Andrade do Antiquário dos Azulejos.

INSTITUTO ARRAIAL DO PAVULAGEM– Boulevard Castilhos França, 738, em frente à Praça dos Estivadores, quase esquina com a Av. Presidente Vargas.

Horário: 9h às 15h – Feira Reunida – 2ª Edição

9h às 15h – Feira de Produtos

Zeti – Instrumentos Musicais

  • Barricas, maracas, caixas de marabaixo e alfaias, além de tambores infantis – Instrumentos de percussão confeccionados com matéria prima sustentável.
  • Zeti é responsável pela construção e manutenção de grande parte dos instrumentos tocados nos cortejos do Pavulagem.

Majora’s House

  • Os universos nerd e geek na loja, que participa da feira oferecendo acessórios, pelúcias e figuras de ação. 

Aquarelando

  • A loja retorna à programação da Reunida apresentando uma variedade de artigos de decoração e papelaria com temática regional.

Biomarajoara

  • Biojoias inspiradas pelo misticismo da região amazônica – conceito de sustentabilidade reaproveitando materiais orgânicos na produção de suas peças e valorizando a cultural regional.

Samkhya – Orgânico & Natural 

  • Alimentação saudável, produtos livres de agrotóxicos e com a certificação ECOCERT.

Fafá Laços 

  • Adereços para presentes.

Lojinha do Pavulagem

  • Camisas, livro de músicas, DVD e CDs – incluindo “Caeté Camará”, novo trabalho da banda Arraial do Pavulagem. 

10h às 12h – Oficinas para crianças na Praça dos Estivadores

  • Valor colaborativo: R$ 5  – A partir das 9h no Instituto Arraial do Pavulagem.

Mini Oficina Estrelinhas Cintilantes – Atividades Lúdicas Circenses para Crianças – Com Brena Raiol Especialista em Educação Física Escolar, integrante do Batalhão da Estrela.

  • Pernas-de-pau, ginástica acrobática e maquiagem clown para crianças de 7 a 12 anos – objetivo de promover a conscientização e a valorização do indivíduo por meio da arte, ampliando sua coordenação motora, sensibilização e desinibição, além de promover o contato com a cultura clow e amazônica.

Para integrantes do Batalhão da Estrela.

  • Oficina Batalhão Afiado – Harmonização, Tempo e Ritmo nos Cortejos de Rua – Com Rogério Pinheiro, instrutor de percussão e auxiliar de regência na ala dos percussionistas do Batalhão da Estrela.

14h às 15h – Música ao vivo  – Antônio Oliveira

  • Canções autorais de seu EP lançado em 2016, além de novidades e participações especiais.

KAMARA KÓ GALERIA – Frutuoso Guimarães, 611, entre Frutuoso Guimarães e Riachuelo.

Horário: 10h às 18h – Minha Primeira Obra – 3ª Edição

  • Obras de Ana Mokarzel, Flavya Mutran, Guy Veloso e Irene Almeida.  O projeto “Minha Primeira Obra” é uma exposição coletiva que tem como proposta democratizar o acesso à cultura, flexibilizando a aquisição de fotografias de artistas renomados a preços acessíveis e incentivando a aquisição de sua primeira obra. Fomento ao colecionismo na região Norte.
  • A mostra fica aberta té o dia 21 de setembro, de quarta à sexta das 15h às 19h, e aos sábados, das 10h às 16h.

OURIÇO – ARTE E BAR – Rua Gaspar Viana, número 09, próximo à Igreja das Mercês.

15h – Abertura da casa

16h – 20h – Tribo da Arte – eco joias em cerâmica e sementes.

  • A Tribo da arte é uma marca da região norte, de acessórios autorais femininos e masculino que prima pelo conceito da sustentabilidade e identidade amazônica na elaboração e confecção de acessórios étnicos, feitos de cerâmica artística e pulseiras de couro ecológico.

17h às 18h – Oficina de Horta em vaso PVC

  • Consciência e sustentabilidade – Os irmãos Carolyna e Rodrigo Melazo, da @HortAtitude, vão ministrar a oficina de horta em vaso PVC.
  • Produzir horta para lugares com pouco espaço e também dar umas dicas essenciais para ter uma alimentação mais saudável e orgânica.
  • Vagas limitadas ( 12 vagas)  – Inscriçao + material – R$30,00.

20h30 – Show Les Rita Pavone

  • Bailão de composições autorais feitas para dançar, cantar e esquecer um pouco da dureza do cotidiano em tempos de crise.

O RELICÁRIO – Rua Carlos Gomes, nº 291, entre 1º de Março e Ferreira Cantão.

Horário: 9h às 14h

  • Venda de livros , revistas, CDs, DVDs, Gibis e contas com obras raras como um álbum de Belém de 1908.

RESTAURANTE DONA JOANA – Travessa Campos Sales, 482, entre Ó de Almeida e Aristides Lobo. Horário – 11h às 17h 

Casa do século XIX, com 126 anos e tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN)

Cardápio especial para o dia de Circular:

  • Moqueca de peixe;
  • Costela bovina assada de forno com purê de macaxeira;
  • Spaguetti ao alho e óleo ou à Bolonhesa
  • Prato/média de preço: R$ 30,00 

Sobremesas 

  • Bolo de cenoura com calda de chocolate; 
  • Sorvetes Artesanais –s abores variados.     
  • Valor: R$ 10,00

TAPIOQUINHA DA DONA CLEA – Carlos Gomes, 55, esquina com a Campos Sales. Horário: 8h às 17h.

  • Cafés, sucos, tapiocas, cuscuz e outras gostosuras
  • Almoçoe lanche da tarde

BAIRRO CIDADE VELHA

ATELIER OCTAVIO CARDOSO – Rua Veiga Cabral, 920, entre São Francisco e 16 de novembro.

10h às 17h – Atelier Aberto à visitação

  • Casa dos anos 1950, preservada e adaptada a partir de projeto da arquiteta Rosário Lima. Uma casa que mistura, com simplicidade, um certo charme cinquentinha a elementos contemporâneos, além de jardins que tornam o local ainda mais acolhedor. Neste local o fotógrafo instalou além do seu tradicional estúdio, uma galeria para exposição permanente de sua produção.
  • Venda de fotografias do artista, que tem obras em acervos como o do MASP de São Paulo, MAR do Rio e Museu Casa das 11 Janelas.

18h – “Uma ilha, dois olhares”, bate-papo com Octavio Cardoso e Paulo Ribeiro.

  • Utilizando projeção de imagens, os fotógrafos vão fazer um relato sobre a relação de ambos com a ilha do Marajó e da experiência com a exposição fotográfica, atualmente montada no Salão de Exposição da Secretaria Municipal de Cultura, no Porto de Soure, Marajó. 

BAR DO RUBÃO – Trav. Gurupá, 312, entre Cametá Dr. Malcher. Horário: 11h30 às 16h

  • Cardápio: camusquim, peixe frito, tira-gostos e os pratos apetitosos que tornaram o bar uma das referências para se comer bem na região.

BAR NOSSO RECANTO – R. Siqueira Mendes, 24, em frente à Praça do Carmo. Horário: A partir das 11h.

  • O Bar do Seu Salomão, ou o  tradicional bar da Praça do Carmo abre suas portas com um cardápio de tira-gostos da casa, como a unha de caranguejo e o famoso camarão, além de cerveja sempre gelada.

GALERIA BELCHIOR 95 – Rua Cametá, 95, entre Joaquim Távora e Pedro Albuquerque.

Galeria de arte, espaço cultural e estúdio de música eletrônica. É a antiga Belchior Escola de Beats de forma expandida. 

Entrada colaborativa. Pague o quanto vale. Informações: 98149-1991.

A partir das 8 horas

  • Yoga
  • Auriculoterapia
  • Workshop iniciação a Musica Eletrônica 
  • Oficinas de Permacultura
  • Flash Day Tattoo
  • Banda Filhos do Sal (Tirbuto a Belchior)
  • DJss 

COLETIVO APARELHO – Ocupação Artística no Mercado do Porto do Sal – R. São Boaventura.

Horário – 9h às 16h

9h – 5° Mostra de Contação de História Biblioteca do Porto.

  • Histórias Para Contar, Cantar e Coçar com Heliana Barriga
  • Uma história das histórias de Boi Bumbá com Ester Sá
  • Antonio Juraci Siqueira
  • A mulher fofoqueira com Janete Borges (grupo Xamã)
  • A Lenda da Iara com Adriana Cruz

11h30 – lanche colaborativo: Comer, conversar e conviver

12h00 – Mercado do Choro

14h30 – Os Boleros Malditos e outras maldições de Jack Nilson

9h00 ás 16h00 – Exposição “A Deriva no Porto do Sal – Mostra da Jornada Pin Hole Day 2018.

ESPAÇO VEM – Trav. Joaquim Távora, 214, entre Doutor Assis e Doutor Malcher.

  • Vida, Economia e Moda
  • Economia Criativa
  • Espaço colaborativo e cultural que acredita no microempreendedor e no negócio local – 15 marcas autorais, snackbar e um quintal. 

Horário – 10h às 19h

Loja Autoral VEM

  • Atelielas, Osada Handmade, Grace Lopes Biquinis, Lacos dondoca, Manga Rosa, Flor de Sal, Laica Ateliê, Kaly Acessorios, Aciremamoura Acessorios, Donna Florinda, I’m Freeda , Lambes do Mal (BA), Wonderwall Decoração (SP), Augusta costura (BH), Estúdio Livree, Pinalloca, Souinae, Quarto Criativo.

Gastronomia:

Delícias do Kantinho da Helô (Almoço e lanches)

  • Bebidas, refrigerantes, sucos, entre outros.
  • Flash Tattoo
  • Tattoos autorais a partir de R$ 50,00 – Thiago Cabral do THC STUDIO.

Programação com hora marcada:

10h às 15h – Moda sustentável para quem se importa.

  • Desapego de roupas e acessórios.
  • Peças a partir de R$ 5,00 
  • Apoio: Garagem Criativa

15h às 16h – Workshop: Aquarela Primeiros Passos, com Laise Almeida

  • Investimento: R$ 40,00 (material incluso)

17h – Pocket Show “Projeto Pegando a Beira”

  • Projeto autoral de guitarrada idealizado pelo músico Lelo Carvalho – Guitarrada, Carimbó, Lambada e Baião, além de experimentações de Rock com Cumbia. 

LABORATÓRIO DA CIDADE – Fórum Landi (Rua Siqueira Mendes, 60) – em frente à Igreja do Carmo.

9h às 18h – Fórum Landi

  • Visitação Guiada Maquete do Centro Histórico – Estagiários

8h às 13h – Hackeando a Cidade – Arduino Para Iniciantes (Py Ladies) –

9h às 11h – Te enxerga Belém 

9h às 11h – O que é o Laboratório da Cidade

11h às 12h – Bate papo sobre a Maquete do Centro Histórico – Flávio Nassar

15h às 16h30 – CineLab Chega de Fiu Fiu (natasha) ou série de curtas – Rodrigo, Daniel Enomoto,

16h30 às 18h30 – Oficina de Conforto para Ciclistas (Bike Anjo) – Sofia

MERCANTIL REAL – Joaquim Távora, 200, entre Dr. Assis e Dr. Malcher.

Horário: 8h às 15h

  • Pães, doces e gostosuras do Centro Histórico. E ainda tem jogos de gamão e xadrez para os interessados.

MUSEU DE ARTE DE BELÉM – Praça Dom Pedro II, S/N .

Horário: 9h às 13h

Exposição “Ligado ao Mundo”, com obras do artista visual paraense Marinaldo Santos

  • 34 pinturas sobre tela, em técnica mista, produzidas entre os anos de 1996 e 1998. As obras foram doadas pela Companhia de Tecnologia da Informação de Belém – Cinbesa, ao acervo do Mabe, para salvaguardar e difundir, tornando-o acessível ao público.

Local: Sala Theodoro Braga

9h às 13h – Exposição “Lassance Maya, 40 Anos de Arte – 34ª Individual de Artes Plásticas – retrospectiva 1978 – 2018”.

  • A visão singular e poética deste artista, a exposição aprofunda o seu conhecimento do fazer artístico em uma mostra que apresenta recortes de distintos seus períodos, formado por obras históricas de sua produção plástica visual

Local: Sala Antonieta Santos Feio

RESTAURANTE RETIRO DA SÉ – Rua Dr. Malcher, 21, entre Félix Roque e Pe. Champagnat, ao lado da Catedral da Sé.

  • Buffet a quilo gourmet para almoço.
  • Horário: 11h30 às 15h30.

ROTEIROS GEO-TURÍSTICOS – Saída – 8h30 (Casa das Onze Janelas, na área em frente ao rio) – O Arquiteto Antônio Landi e a Belém do Século XVIII: Percorrendo e Reconhecendo paisagens no Centro Histórico de Belém do Pará. Inscrições gratuitas pelo formulário on-line https://goo.gl/forms/aiesIJ9MNE0j9MPo2.

  • Percurso: a pé pelas com paradas na dos seguintes locais: Casa das Onze Janelas – Catedral da Sé – Casa Rosada – Igreja do Carmo – Fórum Landi – Igreja de São João – Palácio dos Governadores – Igreja das Mercês – Capela Pombo – Igreja Nossa Senhora do Rosário – Igreja de Santana.

XIBÉ CULTURALRua Cametá, 113, entre Joaquim Távora e Pedro Albuquerque

  • Inaugurado no dia 30 de junho passado, o Bar e Galeria Xibé Cultural, situado no Centro Histórico da Cidade Velha.
  • Oferece serviço de bar com bebidas e petiscos, música ao vivo, exposição de artes em geral (pintura, escultura, fotografia, artesanato, etc.), lançamento de livros e CDs. 
  • Horário – 11h às 23h 
  • Exposição de fotografias de Sandro Barbosa 
  • Exposição e venda de livros de vários autores paraenses 
  • Venda de CDS 

16h às 18h – Projeto Musical Brasilidades com Armando Hesketh e Messias Lyra.

SISTEMA INTEGRADO DE MUSEUS – Das 9h às 13h

Forte do Presépio

  • Visitação do Museu: Fundado em 1616, narra a história da fundação de Belém e da colonização portuguesa na Amazônia, no século XVII a partir dos circuitos expositivos: “Sítio Histórico da Fundação de Belém”, composto pela própria edificação com seus vestígios arquitetônicos e artilharia militar; e o “Museu do Encontro”, que versa sobre o processo de colonização portuguesa na Amazônia.
  • O acervo reúne artefatos líticos e cerâmicos pré-históricos além da cultura material proveniente das escavações no próprio sítio histórico e seu entorno, bem como artefatos e iconografia de grupos indígenas contemporâneos.

Museu do Círio

  • Visitação do Museu: Reúne no acervo peças de coleções que retratam o Círio de Nazaré com ênfase nas manifestações culturais no Círio, abordando aspectos Religiosos e profanos no contexto do patrimônio imaterial.
  • O acervo conta com peças que incluem arte sacra do século XIX e peças em miriti e ex-votos.

Espaço Cultural Casa das Onze Janelas

  • Visitação do Museu: Abrigada em um prédio construído no século XVIII, o qual foi originalmente residência. Posteriormente, foi adaptada para instalação do Hospital Real Militar. Após a desativação do hospital, o espaço manteve funções militares. Foi restaurado e adaptado ao uso museológico.
  • Acervo formado por várias coleções de arte moderna, contemporânea e fotografia, que apresentam obras de artistas locais e nacionais.

Exposições:

Sala Ruy Meira – Traços e Transições – Arte Contemporânea brasileira.

  • Obras das décadas de 1970 a 1990, formada por desenhos e gravuras de importantes artistas do modernismo brasileiro como Lasar Segall, Tarsila do Amaral e os paraenses Manuel Pastana, Ruy Meira e Acácio Sobral, entre outros.

Sala Valdir Sarubbi – “As Coleções – O Olhar do Coração – Artistas Paraenses no acervo de Jorge Alex Athias”.

Obras de Benedito Mello, Ruy Meira, Valdir Sarubbi, Dina Oliveira, Emmanuel Nassar, Acácio Sobral, Mestre Nato, Luiz Braga, Claúdia Leão, Drika Chagas, Berna Reale, entre outros.

  • Curadoria de Jorge Eiró e Geraldo Teixeira
  • Recorte exclusivo do que de mais significativo da produção artística contemporânea paraense das ultimas décadas.

Museu do Estado do Pará

  • Visitação do Museu: Palácio em estilo Neoclássico erguido no século XVIII, construído segundo as plantas do arquiteto Antonio Landi.
  • Acervo: composto de telas, mobiliário, acessórios de interiores, fotografias entre outros bens que incluem o próprio edifício, testemunhos de diferentes contextos da história do Pará.

Corveta Museu Solimões

  • Visitação do Museu: A Corveta Solimões, construída por um estaleiro holandês em 1954, foi entregue à Marinha Brasileira em 1955.
  • Circuito expositivo: a trajetória da própria embarcação nas águas brasileiras e o cotidiano de sua tripulação.

Percurso Patrimonial Fotográfico

Saída: 10h, do Forte do Presépio (Praça das Armas).

  • Visita aos Museus do Forte do Presépio, Espaço Cultural Casa das Onze Janelas, Museu do Círio e Museu do Estado do Pará.
  • Breve apresentação dos espaços, pelos técnicos mediadores.

Obs:  Museu de Arte Sacra e Espaço Expositivo do Museu da Imagem e do Som estão em  manutenção.

BAIRRO BATISTA CAMPO – CIDADE VELHA

CASARÃO DO BONECO – Rua 16 de novembro, 815, próximo à Praça Amazonas.

10h – Abertura da casa

10h às 19h – Lojinha Dell’Arte

Produção de seus ocupantes, entre elas as roupas criadas e custumizadas por Mauricio Franco e Nanan Falcão, os cosméticos naturais artesanais da Espumas de Inaê e o brechó do casarão.

11h às 13h – Oficina de Colagem com Vic Rapsódia // Inscrições R$ 10

Criação em colagem, por meio da definição de temas, palavras-chave e memórias dos alunos orientadas para a criação de suas poéticas.

17h30 – Show solo de Mateus Moura

Mateus Mura apresenta em seu repertório antigas e inéditas canções. Acompanhado de voz, violão e alguns convidados, mostrará um cancioneiro que vai de sambas e baladas mais intimistas até experimentações e folias.

18h – Show da Banda Florisse

O grupo apresenta novo show autoral e dançante, que nasce da união das diversas sonoridades e influências musicais da nossa cidade.

19h – Coco do Casarão

Tradicional Roda de Coco do Casarão para fechar o domingo com muito afeto e alegria.

BAIRRO DO REDUTO

CASA DO FAUNO – Aristides Lobo, 1061, entre Benjamin Constant e Rui Barbosa.

Horário: 9h às 18h.

Café, pão de queijo, tapioca e tortas doces

12h às 15h – Ver-o-Fauno Edição Especial

  • Pratos inspirados na cozinha do Ver-o-Peso

A partir das 12h – DJ Zek Picoteiro

  • Musicalidade paraense e do mundo – sets fazem um passeio pelo Caribe, América Latina, África e aportam na Amazônia como filtro principal.

10h às 12h – Oficina de bordado em pedraria, com Rosângela Leite

  • A estilista da marca Roor ministra a oficina gratuita para os participantes do Circular. O material deve ser adquirido: R$ 15,00. Informações: 99808-2322.

9h às 18h – Liquida Moda 

  • Descontos de até 80% em todas as roupas e acessórios da loja do Fauno.

BAIRRO NAZARÉ COM REDUTO

ELF GALERIA  – Passagem Bolonha, 60, próximo à José Malcher.

Visitação: 10h às 17h

  • Nando Lima e Dudu Lobato apresentam a mostra “Membrana Insulada Metrópolis” – discussão sobre sociedade, empatia, impermeabilidade, o belo e o disforme. 
  • Instalação com vídeo e fotografias inéditas, impressas em papel e tecido, realizadas no centro de São Paulo, Belém e Salinópolis.
  • Imagens fotográficas do projeto “insulada” – performances de Pedro Olaia e Rosilene Cordeiro, realizadas nas Ilhas de Cotijuba, das Onças e no Combu.
Revista Circular

Disponível na Google Play

Revista Circular

Curta no Facebook