Programação – 22ª Edição

BAIRRO DA CAMPINA

 

ARQUIVO PÚBLICO DO ESTADO DO PARÁ– Trav. Campos Sales, 273, esquina com a Treze de Maio – Campina.

Horário – 9h às 14h, com visitas guiadas.

  • Documentos como autos de liberdade de escravos, relação de presos da Cabanagem, cartas recebidas pelo então governador Magalhães Barata vão estar entre os materiais em exibição no espaço.

ASSOCIAÇÃO FOTOATIVA –Rua Frutuoso Guimarães, quase esquina com a Gaspar Viana. Em frente à Praça das Mercês – Campina.

Horário – 8h às 20h

8h – YOGA NA FOTOATIVA, Com Tunga Vydia

  • Yoga é um movimento ancestral de amor, amor consigo mesmo e amor compartilhado, amor sem fronteiras, amor libertado, cheio de chamamento de felicidade. Atividade com pagamento consciente! Te esperamos.

8h30 – CAFÉ NO JARDIM

  • Para comer e saborear o tempo com tapioquinhas e outras delícias da Sandra.

8h30 – BAR FOTOATIVA

  • Água, Refrigerante, Tijuca Promo e Longneck puro malte durante o dia todo.

10h às 20h  – LOJA e BRECHÓ FOTOATIVA

  • Produtos Fotoativa + Livros e revistas de Arte, Educação e Patrimônio, para ler, comprar e compartilhar + Roupas a preço de desapego.

9h às 17h – SESSÕES DE MASSAGEM, com Andrey Moraes

  • Massagem sueca (deslizamento), Reflexologia podal e Alongamento passivo

10h às 20h – MARCA D’ÁGUA, Feira de impressos e publicações independentes da Fotoativa

  • A iniciativa propõe consolidar um espaço de troca e fomentar iniciativas independentes voltadas aos impressos e às publicações nas mais diferentes linguagens, trabalhos autorais, individuais e/ou coletivos, selos e editoras locais.

11h às 12h – CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS, com Cleber Cajun

  • Público: crianças

9h às  20h – EXPOSIÇÃO: Ler a Luz – olhares sobre a Volta Grande do Xingu

  • Das fotógrafas Marise Maués e Mônica Lizardo e do fotógrafo AranNeas.
  • Visita guiada durante a programação

14hà sà 20h – QUITUTES DA DONA DINA

  • Maniçoba e vatapá da Dona Diná, que te esperam no pôr-do-sol, sempre com novidades!

MICRO-OFICINAS

MATINÊ PINHOLE, com Jorge Ramos.

Horário: 8h às 12h (duração 4 h)

Público: qualquer pessoa

Vagas: até 10 pessoas

  • Prática e experiência da fotografia PINHOLE. Cada participante deverá receber uma mini-pinhole para produção de suas imagens e ao final poderá levar sua produção.

AQUARELA PARA CRIANÇAS, com Tayna Cardel

Horário: 10h às 11h (duração 1h)

Público: 6 a 10 anos (menor que 6 ano somente com acompanhamento dos responsáveis)

Vagas: 10 vagas

  • Técnica de pintura aguada, com mistura de cores e soltando a criatividade no papel.

FANZINE_ESCRITURA URBANA, com Raphíssima

Horário: 14h às 17h (3h)

Público: Todas as idades

Vagas: até 10 pessoas

  • Criação coletiva de mini livros artesanais, que contem sobre essa vivência das pessoas na cidade.

OBSERVAR/CRIAR – confecção de câmara obscura de papel, com Jorge Ramos

Horário: 15h às 16h (duração 1 h)

Público alvo: qualquer pessoa

Vagas: até 10 pessoas

  • Cada participante deverá construir sua própria câmara obscura para o jogar com o olhar.

MÚSICA ao PÔR-DO-SOL NAS MERCÊS

  • Atração musical: Duo Inversos Canta Cartola
  • Vozes: Helton Lobão e Yvana Crizanto.
  • Violão: Maurício Panzera
  • Percussão: JP Pires

ASSOCIAÇÃO AMIGOS DE BELÉM – Praça das Mercês, em frente à sede da Fotoativa.

Horário – 8h às 12h – Ação de educação ambiental

  • Registros e Reflexões: ação de registrar, com câmeras ou celulares, imagens de uma das principais áreas verdes da cidade. Referência em artes visuais no Brasil, a Associação Fotoativa é convidada do evento. As fotos dos participantes serão compartilhadas nas redes sociais, numa ação coletiva para trazer ao centro do debate as condições de preservação da praça.
  • Catamor- Voluntários do Catamor batem sobre reciclagem, coleta seletiva e responsabilidade ambiental.
  • Mutirão – Limpeza do espaço, recolhendo o lixo depositado nos lagos e no chão da Praça.

Apresentação do Re-Pa Solidário– Projeto realizado em parceria com os clube do Pará, Remo e Paysandu, em apoio às instituições Casa do Autista, Junte-se a Nós, Rancho Não Posso Me Amofiná, Orvan, Casa de Davi e Amigos de Belém.

CENTRO CULTURAL DA JUSTIÇA ELEITORAL– Rua João Diogo, 254, próximo à Praça da Bandeira – Campina.

Horário: 10h às 15h.

Exposição “O céu está na pipa”, do artista plástico Alan Bittencourt

  • A exposição apresenta-se com uma poética direcionada exclusivamente ao estudo das estampas e formas presentes na pipa, tendo como objetivo mostrar ao espectador que ele pode encontrar a beleza no abstrato, inclinado a perceber a beleza da obra representada pela mais simples forma.
  • Visita guiada
  • Oficinas e Comidinhas

CENTRO CULTURAL SESC BOULEVARD– Boulevard Castilhos França, 522/523 – Campina. Horário: 9h às 13h

9h às 13h – Exposição Permanente de Máquinas Fotográficas Antigas – “Máquinas para Filosofar”

9h às 13h – Exposição Fotográfica “Imagens Cotidianas”

11h – Apresentação do Cordão de Pássaro Colibri de Outeiro (antigo Beija-Flor de Icoaraci) apresentando “Os Poderes de uma Feiticeira”, com autoria de Teonila da Costa Ataide (in memorian) e adaptação de Laurene da Costa Ataide.

COLAB – ESPAÇO AUTORAL– Trav. Campos Sales, 705, entre General Gurjão e Carlos Gomes – Campina).

Horário: 10h às 18h. Entrada gratuita

  • Colab comemora um ano de atividades com música autoral

Confira a programação:

10h – Intervenção sonora, @musicaparaense

10h – Oficina Horta em vidro, @hortatitude

11h – Xepa é firme!

16h – Pocket show – Feira Equatorial

18h – Pocket show – Lariza Xavier

ESPAÇO CULTURAL BANCO DA AMAZÔNIA– Av. Presidente Vargas, 500.

Horário: 9h às 15h

Exposição – Isolamentos e fluxos

  • O fotografo Cyro Almeida desafia os estereótipos da violência em imagens da periferia. A mostra contempla fotografias realizadas entre 2011 e 2018 em cinco bairros da capital paraense: São Brás, Guamá, Condor, Jurunas e Cidade Velha.

INSTITUTO ARRAIAL DO PAVULAGEM– Boulevard Castilhos França, 738, em frente à Praça dos Estivadores, quase esquina com a Av. Presidente Vargas.

Horário – 10h às 12h

  • Preparativos de junho – Ensaio dos integrantes do Batalhão da Estrela, em que mostra a alegria e as cores da dança, da perna de pau e da percussão para animar o domingo de junho.

KAMARA KÓ GALERIA– Frutuoso Guimarães, 611, entre Frutuoso Guimarães e Riachuelo.

Horário – 10h às 18h

  • Abertura da exposição “Eu estava lá” do artista e pesquisador pernambucano, Paulo Meira no dia 03 de Junho das 10h às 18h.
  • A mostra é composta de obras em linguagens e suportes variados, onde são constituídos lugares e situações ficcionais permeados por referências a estórias de “extra terrestres”.

RESTAURANTE DONA JOANA– Travessa Campos Sales, 482, entre Ó de Almeida e Aristides Lobo.

Horário – 11h às 17h

  • O restaurante fica dentro de uma casa  do século XIX, com 126 anos e tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Cardápio especial para o dia de Circular:

Almoço: Média de preço: R$ 30,00

Sobremesa: Valor: R$ 10,00

  • Filé  de Filhote chapeado
  • Souflê de frango
  • Carne assada de panela com batatas
  • Sobremesa: Sorvete artesanal, elaborado sem conservantes e corantes. Os de fruta elaborados com a própria fruta.
  • Sabores: Chocolate belga, Morango (vegano),   tapioca sem lactose, Cupuaçu e Limão siciliano.

ROTEIRO GEO TURÍSTICOPelo Bairro da Campina

8h30 – Saída do Museu do Bonde – Avenida Portugal

  • Percurso:Av. Portugal, Rua João Alfredo, Trav. Frutuoso Guimarães, Rua Campos Sales, Arquivo público o Pará, Igreja Nossa Senhora do Rosário, Fábrica da Palmeira, Igreja de Santana, Rua Santo Antônio, Igreja de Santo Antônio.

TAPIOQUINHA DA DONA CLEA– Carlos Gomes, 55, esquina com a Campos Sales.

Horário: 8h às 17h

  • A tradicional tapioquinha do bairro da Campina está de casa nova, em um espaço aconchegante e cheio de comidas gostosas. Desde 8h da manhã, dona Clea vai oferecer cafés, sucos, tapiocas, cuscuz e outras gostosuras. Haverá também opções de almoço e também lanche da tarde. E vai ter mingau de milho no melhor estilo junino.

SOLAR COLABORATIVO– Assis de Vasconcelos, 488, entre Aristides Lobo e Ó de Almeida.

Horário: 9h às 19h

9h às 19h – Tapioquinha + Exposição Fotográfica

  • “Mulheres Fantásticas” – de Annie Galdino – Ensaio fotográfico foca mulheres vítimas de escalpelamento.
  • Loja Autoral – Cabidê, Caboquisse, Moda Folium, Visto Olga, Panta Rei, Bieca, Alba Rocha, Hazzô, Brinco de Princesa, Kubikova e Abstrato Design.
  • Breja Bike –Venda de cerveja durante todo o evento com a empresa breja bike, adaptada, conserva o chopp sempre gelado.

9h às 13h – Bazar de Desapego

14h às 19h – Hambúrguer Artesanal

Programações com horário marcado

10h às 13h – Oficina de Bordado Livre – aula prática para começar a bordar, dica sobre os materiais, técnicas, principais pontos e como obter uma maior durabilidade da sua peça. O workshop será ministrada pela criadora do @studiojmelo (@juliennymelo) que a pouco mais de um ano faz t-shirts bordadas à mão com frases e artes alternativas.

Valor: 25 reais com material incluso.

Vagas: 10 a 15 pessoas

9h – Walking Tour com Travel Mate Belém. @travelmatebelem – Concentração Solar Colaborativo.

Walking Tour, Caminhada Turística em Inglês acompanhada com a guia Manuele Oliveira, Manuele junto com o responsável pelo espaço visitado auxiliará na tradução em Inglês para turistas estrangeiros que desejam conhecer o projeto circular e saber mais sobre os espaços visitados.

Roteiro  – trajeto de 1,8Km – Espaço Cultural Banco da Amazônia – Arquivo Público do Estado do Pará – Centro Cultural Sesc Boulevard- Associação Fotoativa – Ouriço Arte Bar.

Das 14h às 19h – Flash Tatto Limbo Studio

  • Venda de flashs autorais
  • Limbo Studio

Das 16h às 18h – Bate-Papo: “Colaborar é melhor Competir: roda de conversa sobre movimentos, projetos e articulações colaborativas”.

Convidados:

  • Renata Teodozio: Publicitária e co-fundadora do Solar Colaborativo
  • Tamara Saré: Projeto Circular
  • Luan Cavaleiro: Manual Karavo
  • Camila Carmo: Manual Karavo

18h – Pocket Show – Raoni Figueredo

  • Entrada: Free

 

                                              BAIRRO CIDADE VELHA

ATELIÊ JUPATITrav. Gurupá no 250, Cidade Velha entre Rua Dr. Rodrigues dos Santos e Rua Cametá́. Horário – 9h às 20h

9h às 19h – Stúdio Fotográfico Lambe-lambe – Participantes do Circular poderão fazer uma fotografia com um cenário na temática Junina com impressão na hora para levar de lembrança.

9h às 19h – “Narrativas” Fragmentos do sentir materializado.

  • Oriundos de material de vestes de mulheres trabalhadoras, este trabalho de Carla Beltrão mostra a sensibilidade, com a pele, o suor e todos os sentimentos onde a roupa é apropriada através dos fragmentos e onde que esta segunda pele da gente que é a roupa mostra essa sensibilidade da artista.

9h às 11h – Café no Quintal

  • Tapioquinhas (com queijo, queijo leite condensado e coco ralado), chá, café com leite e achocolatado.

12h às 15h– Almoço no Quintal

  • Vatapá, escondidinho de legumes com salada e farofa de soja. Com apresentação Musical do Projeto Brasilidade com o Armando Heskesth e Messias Lyra.

17h às 19h – Merenda no Quintal

  • Caldo de feijão, Pizza de Massa de Pão Sírio (Marguerita, calabresa e paraense jambu com camarão). Água, sucos, refrigerantes, cerveja e tira-gosto de calabresa com farofa durante o dia todo.

Parceiros – Artes & Artesanatos

  • Cabeça de Papel – 15 pecas em papietagem de Paulo Emilio Campos. São esculturas com várias temáticas: Músicos, literatura infantil, utilitários, charges, etc, fruto de produção livre entre uma encomenda e outra.
  • CablocArte: Marca de roupas pintadas a mão livre, agregando um conceito artístico (obras de arte e Grafismo), através de releituras das obras de arte e/ou produção autoral a qualquer peça em tecido.
  • MatriArte – Andreza &Heloize Rodrigues – Mãe e filha trabalhando juntas com ilustrações e camisetas com pinturas feitas a mão por Helô Rodrigues. Encadernação, garrafas recicladas e personalizadas por Andreza Rodrigues.
  • Li Divino Acessórios em Cerâmica – Os acessórios Li Divino são feitos em cerâmica, com a utilização de fios encerados, fios para torçais, além de palha da costa e pigmentos naturais. As pecas chamam atenção por suas formas, cores, matéria-prima e design. Utilizando como inspiração a cultura indígena e afro-brasileira.
  • HQs do Lucas – Iniciativa que fala do autismo de uma forma diferente, através do trabalho desenvolvido pelo autor e ilustrador Lucas Moura Quaresma, jovem autista, junto com colaboradores que formam o HQs do Lucas Team. Além das HQs, ele também tem uma linha exclusiva de camisas com suas ilustrações.
  • Virgílio Moura – É um catador, não derruba árvores e não serra toras de madeira. As peças em madeira de sua autoria são realizadas, a partir das sobras dos processos de transformação da árvore em madeira. Dos galhos recolhidos dos processos do manejo florestal, dos galhos podados das árvores urbanas, dos SAFs e dos reflorestamentos, cujas árvores continuarão vivas. O seu trabalho é um exemplo radical de que é possível a sustentabilidade em trabalhos florestal.
  • Sônia Barros – Artesã e instrutora é paraense, natural de Breves. Morou por alguns anos no Mato Grosso onde teve a possibilidade de envolver-se nas atividades artístico-culturais da cidade de Tangará da Serra.
  • Sheiloca – Marca de artesanato que trabalha com a confecção e vendas de artigos manuais, pintura em tecido, bijuterias, blusas, acessórios em geral.
  • Carla Beltrão – É do Rio Janeiro – RJ. Reside há muitos anos em Belém, atua como instrutora de arte e educação em programas de extensão na Fundação Curro Velho. Extensão do Ministério de Integração Social – SENAR, em projetos sociais e comunitários. Às pessoas interessadas: obras estarão disponíveis para venda.

BAR DO RUBÃO– Trav. Gurupá, 312, entre Cametá e Dr. Malcher.

Horário: 11h30 às 16h

Cardápio: camusquim, peixe frito, tira-gostos e os pratos apetitosos que tornaram o bar uma das referências para se comer bem na região.

BAR NOSSO RECANTO– R. Siqueira Mendes, 24, em frente à Praça do Carmo.

Horário: 11h às 18h

  • O tradicional bar da Praça do Carmo abre suas portas com os tira-gostos deliciosos da casa: unha de caranguejo e o famoso camarão. No dia, também haverá feijoada e as cervejas sempre geladas da casa.

GALERIA BELCHIOR 95– Rua Cametá, 95,  entre Joaquim Tavora e Pedro Albuquerque.

Galeria de arte, espaço cultural e estúdio de música eletrônica. É a antiga Belchior Escola de Beats de forma expandida.

Programação

10h – Abertura – Mutirão do Grafite

  • Porão da galeria aberto para artistas expressarem a sua arte.

10h – Flash Day Tattoo – Música

  • DJ
  • Selecta no Vinil
  • Música Experimental

10h – Live Paint – Drika Chagas e Manu (FRA)

13h –  Bate-papo sobre audiovisual: introdução ao videoclipe, características principais, técnicas, videoclipe como gênero cultural.

Duração 1h30

15 Pessoas

Instrutor: Leonardo Ferraz (Jornalista e Produtor Audiovisual)

14h30  –  Workshop de iniciação à Música Eletrônica: Qualidade de Audio, Estrutura Musical, Percepção Rítmica, Cabeamentos, Ligação de Setup, Prática CDJ.

Duração 3h

6 Pessoas

Instrutor: Athos Jorge (Produtor Musical, DJ)

16h30 – Produção Músical – Processo Criativo com Arnaldo Miranda.

18h – Live Paint — Leandro Bender (@sujeitoatattoo) SP

BIKE TOUR ROTEIROS – Concentração às 9h e às 16h, no Forte do Presépio – Praça D. Frei Caetano Brandão, sem número.

  • Primeira etapa do roteiro, no horário da manhã, será com visitas aos museus e galerias da Cidade Velha. O grupo volta a se concentrar à tarde, 16h no mesmo local para percorrer as programações culturais do bairro.

COLETIVO APARELHO– Ocupação Artística no Porto do Sal

Programação – 9h às 17

9h às 17h – Exposição “Um convite para (o) Olhar”

9h às 11h – V Mostra de Contação de histórias da Biblioteca do Porto

  • A Bailarina Tartaruga com Cleber Cajun.
  • x – Clarinha na Ilha com Vandiléia Foro.
  • Quando eu aqui cheguei com Lucas Alberto (Cia  Sorteio de Contos).
  • Dormindo Fra – com Sandra Perlin
  • Caixa “Yel” com AnibalPacha da Cia. In Bust Teatro com Bonecos/Coletivo de Animadores de Caixa.
  • 11h30- Lanche colaborativo “Comer, Conversar e Conviver”

12h – O Mercado do Choro

  • Roda de choro c/ convidados especiais.

14:30- Roda Carimboleira de Tambor com Douglas Dias e convidados*

16h- Cine Aparelho

  • Documentário “Projeto Circular”
  • Curtas Infanto-juvenis

GIZA CARLA ATELIER – Rua Veiga Cabral, 600, entre Ângelo Custódio e Carlos de Carvalho – Cidade Velha.

Horário: 10h às 18h

10h às 18h – “Pátio Bazar”: feira arte/artesanato, vestuário, acessórios, decoração e comidas: os expositores de artesanatos trarão trabalhos autorais, em sua maioria são produções de peças exclusivas (únicas).

  • A Sala de vendas do atelier também abre portas para negócios e exposições;

10h – Contação de histórias de visagens para crianças de todas as idades, narradas pelo artista teatral José Filho;

11h – Cenas curtas de teatro: A Formiguinha, com José Neto e Marina Gusmão.

  • A história traz uma reflexão sobre a questão dos problemas que muitas pessoas têm. Algumas querem que surja uma solução imediata, e nem todos podem nos ajudar imediatamente.

11h30 – Bate papo breve sobre “saúde da voz”, com a fonoaudióloga e professora Isabel Ventura;

12h – Um casal de dançarinos vai celebrar as festas regionais de junho com sua apresentação de dança “Xote de boneca”;

14h – Orquestra “Choro do Pará” trará uma representação com alguns de seus músicos, que farão uma homenagem à Jacob do Badolim;

16h – Show “Memória”, com Renato Torres – voz e violão – músicas autorais e de compositores como: Luiz Gonzaga, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Alceu Valença, Geraldo Azevedo, Vital Farias, Elomar, Zé Ramalho, Chico César, Milton Nascimento, e outros.

18h – Agradecimentos e encerramento.

LABORATÓRIO DA CIDADE Largo de São João – Rua Tomázia Perdigão com João Diogo/Trav Félix Rocque com Siqueira Mendes.

Horário: 8h às 19h

  • Laboratório da Cidade e Associação dos Microempreendedores da Passagem do Carmo

8h às 19h – Praça de Alimentação da Associação dos Microempreendedores da passagem do Carmo com café da manhã, almoço e lanches.

8h às 16h – Rua Pintadinha – vamos disponibilizar giz de cera pra criançada pintar o asfalto pra nossa festa junina.

8h às 16h – Visitação à Igreja de São João

8h às 10h – Mutirão de Limpeza e Revitalização do Largo de São João

9h às 10h – Contação de Histórias

9h às 12h – Escola Bike Anjo vai te ensinar a pedalar e a ganhar confiança pra pedalar na rua

10h às 12h – Oficina de Hortas Urbanas e revitalização do canteiro do largo de São João com Verde Cidadão

15h às 16h – Oficina Pedala Mana com Escola Bike Anjo

16h às 18h – Grafitagem Live

16h às 18h – DJ Faca

18h às 19h – Brasilidades com Messias

19h às 20h – Quadrilha Junina

16h – Caruanas e Laboratório da Cidade – Tv. Felix Rocque com Siqueira Mendes

  • Circular pela Água com Caruanas Va’a
  • Oficina Se Essa Rua Fosse Tua?

17h – Pocket show com Marcel Barretto

PROJETO VERDE CIDADÃO– Largo de São João (Rua Tomázia Perdigão com João Diogo).

Horário: 9h às 12h – Ação em parceria com o Laboratório da Cidade e quem mais quiser chegar.

Quanto: ação colaborativa

Lojinha – Camisetas a R$ 30,00 e latas de R$ 25,00 a R$ 50,00.

REDE DE COOPERAÇÃO PELA SEGURANÇA E SUSTENTABILIDADE – Largo de São João –

Horário – 9h às 12h

Trata-se de uma articulação de pessoas jurídicas e físicas, residentes ou interessadas pelo bairro da Cidade Velha. Durante a 22ª edição do Circular, no domingo, 3 de junho, dentro da Semana Nacional do Meio Ambiente, a RCSS iniciará, em parceria com a Associação de Catadores “Filhos do Sol”, a implantação da coleta seletiva, no bairro da Cidade Velha.

A ação será em parceria com o Laboratório da Cidade. A concentração será às 9h no Largo de São João, onde também haverá um bate papo sobre o tema.

RESTAURANTE RETIRO DA SÉ  Rua Dr. Malcher, 21, entre Félix Roque e Pe. Champagnat, ao lado da Catedral da Sé.

Horário: 11h30 às 15h30.

  • Buffet a quilo gourmet para almoço.

SEREIA NA RUA– Rodrigues dos Santos, esquina com a Gurupá.

Horário: 19h

  • Mostra de curtas, videoarte e documentários- Organização Rede da Sereia, Sibilafilmes e Multifário. Apoio: De Bubuia, Casulo Cultural, Casa Velha 226
  • Filmes
    Transluciferação Videoarte – Galvanda Galvão e Izabela Leal
  • Transluciferação – (eu vendi minha alma pra fazer a luz e a luz reluz mas não produz nada na minha retina – Gertrude Stein, Doutor Faustus liga a luz. Tradução de Fábio Fonseca de Melo) – Baseado na peça Doutor Faustus liga a luz, da escritora norte-americana Gertrude Stein, o curta Transluciferação (2016) propõe um diálogo entre imagem, música e poesia, apresentando um percurso pela cidade e um discurso sobre a cidade.
  • A Gurupá – Curta documentário – Treme Filmes e Produções
    Estamira / longa metragem de Marcos Prado

SISTEMA INTEGRADO DE MUSEUS

Nos dias de Circular os museus do SIM tem entrada franca e horário de funcionamento das 9h às 13h, exceto o Museu de Arte Sacra e Espaço Expositivo do Museu da Imagem e do Som que se encontram em manutenção.

Forte do Presépio

  • Visitação do Museu: Fundado em 1616, narra a história da fundação de Belém e da colonização portuguesa na Amazônia, no século XVII a partir dos circuitos expositivos: “Sítio Histórico da Fundação de Belém”, composto pelaprópria edificação com seus vestígios arquitetônicos e artilharia militar; e o “Museu do Encontro”, que versa sobre o processo de colonização portuguesa na Amazônia.

Museu do Círio

  • Visitação do Museu: Reúne no acervo peças de coleções que retratam o Círio de Nazaré com ênfase nas manifestações culturais no Círio, abordando aspectos Religiosos e profanos no contexto do patrimônio imaterial. O acervo conta com peças que incluem arte sacra do século XIX e peças em miriti e ex-votos.

Casa das Onze Janelas

  • Visitação do Museu: Abrigada em um prédio construído no século XVIII, o qual foi originalmente residência. Posteriormente, foi adaptada para instalação do Hospital Real Militar. Após a desativação do hospital, o espaço manteve funções militares. Foi restaurado e adaptado ao uso museológico. Seu acervo é formado por várias coleções de arte moderna, contemporânea e fotografia, que apresentam obras de artistas locais e nacionais.

Exposições:

  • Sala Ruy Meira – Traços e Transições – Arte Contemporânea brasileira. A coleção é constituída por obras das décadas de 1970 a 1990, formada por desenhos e gravuras de importantes artistas do modernismo brasileiro como Lasar Segall, Tarsila do Amaral e os paraenses Manuel Pastana, Ruy Meira e Acácio Sobral, entre outros.
  • Sala Valdir Sarubbi – “As Coleções – O Olhar do Coração – Artistas Paraenses no acervo de Jorge Alex Athias”. Com curadoria de Jorge Eiró e Geraldo Teixeira, a exposição é um recorte exclusivo do que de mais significativo pode-se apreciar da produção artística contemporânea paraense das ultimas décadas.

Museu do Estado do Pará

  • Visitação do Museu: Palácio em estilo Neoclássico erguido no século XVIII, construído segundo as plantas do arquiteto Antonio Landi, possui um diversificado acervo composto de telas, mobiliário, acessórios de interiores, fotografias entre outros bens que incluem o próprio edifício, testemunhos de diferentes contextos da história do Pará.

Exposições:

  • Visitação: IX Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia “Realidades da imagem, histórias da representação”.

Corveta Museu Solimões

  • Visitação do Museu: O circuito expositivo rememora a trajetória da própria embarcação nas águas brasileiras e o cotidiano de sua tripulação.

 

BAIRRO DO REDUTO

CASA DO FAUNO– Aristides Lobo, 1061, entre Benjamin Constant e Rui Barbosa – Reduto. Horário – 9h às 20h.

Mini-Galeria

  • Exposição: Febre, barulho e cor
  • Artista: Cajun

Labirinto de sabores

  • Café da manhã:
  • Bebidas quentes e comidinhas– a partir as 9h00

Almoço:

  • Ver-o-Fauno – Edição Especial – 12h00
  • Música: Gina Lobrista
  • Gastronomia: Osvaldina Silva
  • Banhos de ervas

Loja do Fauno

  • Promoções especiais

Oficina de Origami e iniciação as lendas orientais

Marcelo Vítor Lima

Horário: 15h às 18h

Idade mínima: 10 anos

Materiais: papel A4 colorido, tesoura e cola.

Gratuito.

Disponível na Google Play

Revista Circular

Curta no Facebook